top of page
Buscar
  • App Minha Escola

Dicas de brincadeiras para a Colônia de Férias



Muitas escolas aproveitam o período de verão, com o recesso do ano letivo, para organizar uma Colônia de Férias. Sabemos que este momento é de muita diversão para as crianças e também de uma reorganização dos tempos, espaços e atividades da escola, por isso chamamos nossa assessora pedagógica Isadora Roncarelli para nos ajudar a pensar em propostas para este período.

É importante lembrarmos que a Colônia de Férias precisa ser tempo e espaço de descanso, interação e também diversão. Para que este seja um período diferenciado, é importante que a escola faça uma reorganização do currículo, afinal há diferença entre o tempo das férias e o restante do ano letivo.


As habilidades e os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento precisam ser trabalhados ao longo do ano letivo, período em que todas as crianças frequentam a escola.


Na Colônia de Férias o foco precisa ser nas brincadeiras, na interação entre pares, nos tempos estendidos para atividades livres e, por fim, no desenvolvimento de habilidades de forma mais espontânea e menos direcionada.


Os momentos de descontração e rompimento da rotina no cotidiano escolar são importantes, organizar espaços para brincadeiras livres durante a Colônia de Férias pode ser uma boa estratégia de garantir isso. Veja as dicas que preparamos para as escolas:


Caminhada pelo bairro

As crianças podem aproveitar este período para fazer uma caminhada pelo bairro da escola, acompanhadas dos(as) educadores(as). O passeio pode ter um destino final (como uma praça ou um parque), ou servir para observar aspectos do bairro como: limpeza, pavimentação, segurança, espaços de lazer...


Após a caminhada pode-se organizar uma lista de possíveis melhorias no bairro, podendo ser entregue à prefeitura ou mesmo organizado um outro momento em que as próprias crianças atuem em possíveis melhorias.


Lembrando que para esta atividade é necessário comunicar com antecedência as famílias, garantindo a autorização para saída das crianças, além de contar com o número adequado de educadores(as) para acompanhar o passeio.


Pintura de muros

Esta atividade além de ser divertida e inspiradora ajuda as crianças a criarem o senso de pertencimento com a escola. Pode-se organizar um projeto com temática que faça sentido para a instituição e a partir disso convidar crianças (e quem sabe as famílias também!) para pintar os muros da escola com a temática escolhida.


Caso a escola não deseje fazer pinturas permanentes, há a possibilidade de fixar papéis (branco ou pardo) nos muros ou paredes da escola e organizar um dia de pintura livre neste espaço.


É importante, nesta variação da atividade, que as crianças saibam quanto tempo a pintura permanecerá nos muros, assim não serão surpreendidas negativamente quando as pinturas forem retiradas, podendo inclusive participar do processo de remoção.


Jogos de tabuleiro

Para um dia chuvoso, nada melhor do que organizar um circuito de jogos de tabuleiro. Na sala de aula ou em um espaço coletivo da escola, organize estações com diferentes tipos de jogos, em que as crianças possam circular.


Com as crianças menores o ideal é fazer um combinado de tempo para permanência em cada estação, assim que o aviso de tempo é dado pelo educador, troca-se a estação e começa um novo jogo. Algumas opções de jogos são: quebra-cabeças, jogos de memória, trilha, Jogo da Vida, peças para construção, Imagem e Ação.


Momento culinária

Nada melhor do que aprender, brincar e ainda comer uma comida gostosa! Proporcionar um momento de culinária para as crianças é uma forma de valorizar as aprendizagens do cotidiano (aquelas que antigamente aprendíamos em família, por exemplo), além de valorizar o tempo de qualidade com o outro e a importância de refeições compartilhadas com pessoas especiais.


Há a possibilidade de construir um livro de receitas da turma, com sugestões enviadas pelas famílias, fazendo uma receita por dia, pedir sugestões para as crianças de alimentos que gostariam de aprender a fazer, ou ainda contar com o apoio de um nutricionista, caso a escola disponha, para mediar este momento.


Animais de estimação na escola

Para esta proposta a escola precisa organizar, com antecedência, como a atividade será realizada. A depender da realidade da instituição, pode-se sugerir que as crianças tragam seus animais de estimação para passar o dia com a turma, assim todos podem conhecer os bichinhos, conversar sobre seus hábitos e preferências, além de realizar os cuidados diários de cada um.


Outra opção é combinar com as famílias para que os animais compareçam na escola somente na entrada ou saída das crianças, para que os colegas tenham a oportunidade de conhecer o bichinho de cada um.


Esta organização demanda cautela, afinal é necessário que todos cuidados sejam tomados, que somente animais dóceis participem da atividade, e que a escola possa garantir o bem-estar de todos: crianças e animaizinhos.


Sarau literário

Que tal um final de tarde de poesias e músicas? Nesta proposta, que pode ser adaptada para qualquer horário do dia, as crianças e educadores(as) podem organizar rodas de leituras de pequenos textos, poesias ou mesmo tocar e cantar músicas desejadas.


O importante é que os textos, ou as músicas sejam de interesse das crianças e adequados para as propostas da escola. Chamar as famílias para participar deste momento também é uma boa pedida, além de valorizar o trabalho das crianças ajuda no vínculo família-escola.

Além destas dicas, a escola pode organizar projetos de férias ou sequências didáticas por semana. Nestes projetos ou sequências diversas atividades, brincadeiras e oficinas podem ser oportunizadas. O importante é que a temática faça sentido para as crianças.


Pode-se organizar os temas a partir dos interesses de pesquisa de cada turma, ou ainda com temáticas gerais para a escola. Algumas possibilidades são: literatura infantil ou infanto-juvenil; músicas; natureza; brincadeiras antigas; literatura de cordel; estudo de pintores, escritores ou escultores; entre outras possibilidades de acordo com o interesse da escola e das crianças.


Lembre-se que o mais importante é proporcionar momentos de interação e brincadeiras para as crianças, por isso desprenda-se das habilidades a serem desenvolvidas neste momento e escute os desejos dos pequenos.


Boa Colônia de Férias para todos!


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page