Buscar

Saiba como melhorar a imunidade das crianças



Tendo em vista o coronavírus e a chegada do outono, começamos a nos preocupar mais com as variações de temperatura, os dias mais frios, os resfriados e as gripes. Contudo, com uma alimentação saudável e equilibrada é possível melhorar a imunidade das crianças, e de todos nós, de maneira simples e natural!

Uma alimentação balanceada, que prioriza alimentos naturais como frutas, verduras e carnes magras é, sem dúvida, a base para uma vida saudável. Diversos nutrientes, dos minerais às vitaminas, participam dos processos antioxidantes que protegem as células. Além disso, vale destacar que o organismo precisa de proteínas para desenvolver os anticorpos. Alguns alimentos são essenciais para turbinar a imunidade e não devem ficar de fora da alimentação das crianças. Eles são:

Vegetais verde-escuros como brócolis, couve e espinafre.

Esses vegetais são ricos em ácido fólico, que ajuda na formação dos glóbulos brancos - responsáveis pela defesa do organismo.

Castanhas e sementes de girassol, chia, abóbora e linhaça.

Esses alimentos são recheados de nutrientes como o zinco, mineral que auxilia na defesa do organismo, combatendo doenças como gripes e resfriados.

Feijão, lentilha, ervilha e grão de bico.

Essas leguminosas, assim como as sementes, são ricas em zinco.

Gengibre.

Essa raiz pode ser um pouco complicada de adicionar no cardápio devido ao seu sabor marcante. Mas, é uma boa pedida para sucos e chás. É rico em vitamina C e B6 – ou seja, ajuda a fortalecer o nosso sistema imunológico e tem ação anti-inflamatória, aliviando as dores de garganta.

Alimentos de origem animal.

Leite e seus derivados, carnes magras, fígado bovino e gema de ovo também contribuem para a manutenção do sistema imunológico. O mel não é indicado para crianças menores de dois anos, pois pode ter a bactéria patogênica clostridium botulinum, causadora do botulismo.

Alimentos probióticos.

Esses alimentos são ricos em microrganismos vivos. O kefir de leite, por exemplo, melhora o balanço microbiano intestinal e pode ajudar a aumentar a imunidade, tanto de adultos quanto de crianças. Uma boa opção para o consumo infantil é misturá-lo com geleia de frutas.

Alho e cebola.

Ambos possuem grande quantidade de antioxidantes, quercetina e rutina, que possuem ação anti-inflamatória. A melhor forma de inserí-los na alimentação é através do tempero na comida, o que os faz passar praticamente imperceptíveis pelo paladar infantil.

Líquidos.

A hidratação também é muito importante. Ofereça água, chás, água de coco e sucos naturais para as crianças.


Ana Paula Zadinello Lorandi, nutricionista especialista em nutrição clínica, fitoterapia e nutrição materno infantil. Crn2 10531.

Venha se divertir conosco! Kits de atividades pedagógicas para seu filho de 3 a 7 anos. Acesse nosso site e descubra. www.risquerabisquebox.com.br


Telefones

+ 55 54 9 9158.0014

+ 55 54 9 9157.4993