Buscar
  • App Minha Escola

Dicas para ter um fim de ano tranquilo na sua Escola


O mês de novembro já chegou e a correria de final de ano começa a se fazer presente nas escolas. Há a ansiedade das crianças e adolescentes pelas férias, as angústias dos(as) professores(as) pelas habilidades que faltam ser atingidas, além da correria com as burocracias de encerramento do ano letivo.


Para que este período seja um pouco mais leve, nossa assessora pedagógica, Prof. Ma. Isadora Roncarelli, preparou algumas dicas para vocês.


Para as crianças e adolescentes:


O período que antecede as férias é de bastante ansiedade para este público, o verão está chegando e é natural que as turmas fiquem mais agitadas. Opte por atividades que explorem a criatividade das crianças, que possam trabalhar em duplas ou pequenos grupos, com materiais concretos.


Use os espaços ao ar livre, se for possível. E é claro: intercale com atividades mais calmas e de relaxamento, ao mesmo tempo em que poderão aproveitar seu potencial de criação, terão momentos de tranquilidade para assimilar as aprendizagens do conhecimento que está sendo construído.


Veja alguns exemplos:


Para crianças pequenas podemos organizar propostas com água, além de refrescar e gerar momentos de lembranças afetivas da infância na escola, estas brincadeiras desenvolvem diversas habilidades.


- É possível organizar espaços externos para realizar brincadeiras com água utilizando o próprio corpo como tela para pinturas, quem sabe com uma mangueira ou um balde cheio de água, ou até mesmo pular em poças d’água e tomar banhos de chuva.


- Para relaxar, organize colchonetes ou almofadas no chão, apague as luzes da sala e coloque sons de água para que as crianças escutem. Também é possível propor um “desenho” nos ritmos das ondas do mar, em que as crianças devem rabiscar um papel de acordo com os sons escutados.


Outra opção é fazer atividades com materiais não estruturados, como caixas de papelão e sucatas.


- Prepare um ambiente com sedução estética, ou seja, que as crianças sejam convidadas pelo olhar a interagir com o ambiente. Deixe que criem livremente e construam brincadeiras e brinquedos com estes materiais. Intervenha somente quando as crianças solicitarem, aproveite para observá-las e buscar por possíveis pontos de curiosidade que podem ser explorados em atividades futuras.


- Para relaxar, organize uma “Hora do Conto” em um ambiente escuro, que convide as crianças a imaginar a história enquanto a escutam. Pode ser a partir da leitura de um livro ou de uma história inventada pelo(a) educador(a).


Para as crianças maiores também é possível fazer propostas com água, focando em habilidades que podem ser desenvolvidas de forma interdisciplinar.


- É possível organizar espaços para realizar pintura com água na calçada, em que se pode analisar o tempo de secagem da pintura, estudando fenômenos como a evaporação e o ciclo da água.


- Para relaxar podemos propor uma dinâmica com músicas de relaxamento e soltura do corpo, começando em roda, de pé, e terminando com todos sentados ou deitados no chão, prestando atenção na calmaria das músicas e sons ambientes.


Para os adolescentes brincadeiras de descontração também são bem-vindas, e podem ajudar nas relações interpessoais dos jovens e até mesmo no trabalho com os sentimentos e angústias da adolescência.


- A popular brincadeira de “Guerra de bexiga” pode ser adaptada para um quiz de perguntas e respostas, aquele que erra tem uma bexiga com água estourada sobre a cabeça. Esta dinâmica além de divertir é uma forma interessante de retomar assuntos importantes trabalhados ao longo do ano letivo.


- Para relaxar pode-se propor rodas de conversa no grande grupo, ou mesmo em pequenos grupos, sobre assuntos comuns entre os adolescentes. Mesmo que não seja uma proposta voltada para o relaxamento, momentos de diálogo entre os pares podem tranquilizar as angústias desta fase da vida.


Para docentes e gestores:


O encerramento do ano letivo também é angustiante para professores(as) e gestores(as). É um período de fechamento de um ciclo, de preenchimento de planilhas, Conselhos de Classe, fechamento de avaliações e rematrículas. Algumas instituições de ensino ainda vivem neste período transições de gestão ou de cargos internos.


Algumas dicas, que parecem corriqueiras, mas são importantes no funcionamento da instituição, podem ajudar a tornar este período mais tranquilo para os(as) docentes:


- Organize com antecedência as planilhas de registros pedagógicos, presencialidade de estudantes e outras que façam parte do cotidiano da escola. O uso do App Minha Escola facilita ainda mais este trabalho, automatizando os processos;


- Planeje as avaliações formais com antecedência para que consiga corrigir e dar as devolutivas aos estudantes sem atropelos nos últimos dias de aula. Além disso, mantenha a planilha de notas, ou a aba de notas do App, atualizada, isso facilita o fechamento das avaliações, o cálculo das notas ou a organização dos pareceres;


- Faça apontamentos das aprendizagens dos estudantes ao longo do ano que possam contribuir para as discussões no Conselho de Classe e que facilitem as avaliações finais.


Para gestores, algumas ações também podem auxiliar no bom funcionamento da escola neste período:


- Organize com antecedência os processos de matrícula e rematrícula, estruturando as turmas para o ano seguinte, bem como os(as) educadores(as) responsáveis por cada uma delas;


- Proponha momentos de descontração e interação entre professores, gestão e comunidade escolar, valorizando o ciclo que está sendo encerrado e reforçando o compromisso da escola com a aprendizagem das crianças e adolescentes para o próximo ano letivo;


- Mantenha a equipe de professores(as) e funcionários(as) engajada valorizando os esforços de todos(as) para a finalização do ano.


Encontrar alternativas para amenizar o estresse de final de ano ajuda a manter um bom clima organizacional da escola, afetando positivamente professores(as), funcionários(as), gestores(as), estudantes e comunidade escolar.


As dicas que nós apresentamos podem ser adaptadas para a realidade de cada escola. O mais importante é perceber as necessidades da sua instituição e planejar ações que possam contribuir para o bem-estar de todos e todas que habitam as escolas.


Nós do App Minha Escola trabalhamos diariamente para ajudar gestores(as), educadores(as) e famílias com os processos do dia-a-dia, facilitando a organização escolar e ajudando gestores(as) e docentes a aumentarem o tempo de qualidade com os(as) estudantes.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo